Força de Vontade

Muitas vezes um pequeno empurrãozinho é suficiente para que nossa força de vontade seja impulsionada e, com isso, algumas situações de nossa vida podem ser melhoradas. A vontade é a mola propulsora da ação, do trabalho, do esforço próprio, que leva o Espírito a desenvolver seu potencial interior.

OBJETIVO: conscientizar o grupo de que a vontade é uma das maiores potências do espírito e que, se tivermos firmeza, podemos promover nossa melhora, vencendo as más inclinações e o desânimo.
MATERIAL: papel e lápis

COMO APLICAR: contar uma história onde a força de vontade é o diferencial para o êxito; vc pode achar boas histórias nestes sites:
http://www.searadomestre.com.br/evangelizacao/

http://www.momento.com.br/

http://www.techs.com.br/meimei/entrada.htm clicando em histórias

http://www.edicoesgil.com.br/educador/boasvindas.html

Leve também exemplos reais de pessoas, que por força de vontade, alcançaram suas metas (Helen keller, Marina Silva, Gandhi, Albert Schweitzer, Janusz Korczak )

Após a leitura da história e a apresentação dos exemplos reais, distribuir o papel e o lápis e colocar no quadro as questões para reflexão individual:

alguma coisa que gosto em mim

algo que dizem de mim e eu não concordo

uma coisa chata que eu não gostaria que ninguém soubesse sobre mim

algo que eu posso ensinar a alguém

Explicar ao grupo que para desenvolver nossa vontade é preciso nos conhecer melhor, aceitando nossas dificuldades, percebendo como lidamos com o que nos agrada ou com o que nos desagrada.

Dinâmica complementar:Cada um recebe papel e lápis, onde anotará a principal virtude que acha do companheiro sentado a sua direita, sem identificar a pessoa, apenas colocará a qualidade, por exemplo: honestidade, simpatia, e assim por diante.

Os papéis serão dobrados, recolhidos e misturados. O educador então começa a ler as virtudes e grupo tentará identificar quem assume melhor aquelas características.

O mais votado recebe o papel e guarda até o final do jogo. Quando todos os papéis forem distribuídos cada um deve dizer como se sentiu, sendo identificado por aquela característica: se concorda ou não que ela seja sua característica mais marcante.

Neste momento, um membro do grupo revela o que escreveu sobre o seu amigo da direita e justifica. Após todos serem identificados, é ressaltada a importância de nos habituarmos a enxergar as virtudes, aceitar defeitos para viver em harmonia com o mundo.

4 respostas para Força de Vontade

  1. alair pereira disse:

    gostaria de receber plano de aula , artesado(sucatas), atividades dinamica para crinaças 0 a 11 anos a ser aplicado na aulas de evangelização infantil.

  2. Marlene Matos disse:

    Adorei,
    è muito bom, a dinâmica fácil de fazer, e das crianças entenderem, vou aplicar na minha próxima aula.
    Obrigada
    Paz e bem

  3. Sim gostei muito, vou tentar adaptar para o meu grupo. Muito obrigada pela contribuição.
    abraços.
    Lúcia

  4. Paula disse:

    Adorei esta atividade, vou aproveitar para aplicar na turma de adultos com algumas alterações. A ideia é ótima !

%d blogueiros gostam disto: