Varal de Sentimentos

OBJETIVO: conhecer melhor os sentimentos e como lidamos com eles, como nos relacionamos conosco, com nossa família ou com outras pessoas.

MATERIAL: barbante, papeis recortados, lápis, clips ou pregadores de roupas

COMO APLICAR: pendure o barbante ao longo da sala como um varal para secar roupas. Faça diferentes formatos de recorte no papel, como por exemplo, nuvem, raio, sol, estrela, gota, coração, lâmpada, balão. Faça quantidades suficiente para que todos recebam pelo menos um papel e que haja repetição de formas. Se sua turma for muito grande você pode dividi-la em grupos menores que trabalharão em cima de um formato escolhido em consenso. Explique a turma que iremos conversar sobre sentimentos e as sensações que eles nos causam. Deixe cada um escolher o formato de recorte relacionado ao sentimento que irá descrever ou que possui como característica marcante. Por exemplo, o recorte em forma de raio se relaciona a raiva, cólera, impaciência. O recorte em forma de nuvem pode ser relacionado a paz, a calma, a mansietude. Você pode facilitar listando no quadro o nome de sentimentos. Peça que cada um escreva de um lado do papel o nome do sentimento, e do outro lado do papel, uma situação que ele tenha vivido em relação a este sentimento, pela facilidade ou pela dificuldade de lidar com ele. Não é necessário identificar quem escreveu. Vá pendurando os papéis a medida que forem acabando de escrever. Quando todos tiverem colocados seus sentimentos no varal, chame alguém do grupo e peça para escolher um dos recortes, virar o papel e ler para o grupo o que está relatado. Pendurando o outro lado escrito no varal, ele irá falar, acrescentar informação, discutir ou dar solução ao que foi escrito no recorte. A discussão é aberta para todos. Chame outra criança para falar sobre outro sentimento e assim, vá chamando e conversando até que todos os recortes tenham sido virados no varal.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: