Eu me chamo …

OBJETIVO: auto-conhecimento, tornar os membros do grupo conhecidos a partir de um aspecto importante de sua personalidade e refletir sobre o processo de escolha e analisar os sentimentos nele envolvidos.

MATERIAL: Crachás de cartolina, fita crepe ou cordão, lápis ou canetas hidrocor.


COMO APLICAR: Cada criança irá pensar e refletir sobre alguns aspectos de sua personalidade. Promover uma breve discussão com o grupo. Cada um vai escolher um novo nome de acordo com suas características e gostos pessoais. Não é apelido, é demonstrar uma forte característica, como os nomes indígenas, por exemplo, “pássaro livre”, “flecha raivosa”, ” touro bravo”. Escreva o novo nome na cartolina e fixe com a fita na roupa. Em seguida, um por um explicará para todos o porquê do novo nome.

Pontos para discussão:

– o que significa essa escolha usando um novo referencial

– o que os integrantes do grupo sentiram ao fazerem as escolhas e ao serem chamados pelos novos nomes

– se as escolhas em geral foram nomes com características positivas ou negativas

– se os nomes escolhidos correspondem ao que o grupo conhece da pessoa

– as dificuldades que tiveram.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: