Quem somos nós

OBJETIVO: Levar o aluno à percepção de  que somos espíritos imortais e que estamos encarnados como homens neste momento.

IDADE: Alunos de 11 a 15 anos.

MATERIAL: Uma folha e um lápis para cada aluno e pilot para quadro branco ou giz.

DINÂMICA:

Antes de dar qualquer explicação, coloque no quadro a pergunta: Quem somos nós?

Sem deixar que eles falem, e sem dar nenhuma explicação, dê uma folha para cada aluno e peça para que eles façam um desenho sobre este tema.

Alguns irão desenhar o corpo humano, outros irão desenhar um espírito, pode ser que alguns desenhem já o que querem ser ou o que fazem atualmente, como por exemplo um surfista ou um médico.
Após todos terem terminado, peça para que eles expliquem o desenho e mostrem  para a turma, um a um. Conforme eles forem mostrando vá perguntando o por quê e vá conduzindo uma linha de raciocínio para que eles deduzam que somos espíritos encarnados.

A partir deste momento você terá abertura para falar sobre diversos temas. Uma sugestão é discorrer sobre a evolução dos seres e dizer que formos criados simples e ignorantes e estamos em constante evolução. Criados simples, na estrutura e ignorantes na inteligência.  Todos nós fomos criados para sermos felizes. No princípio não tínhamos inteligência, éramos apenas princípio inteligente e habitávamos o reino mineral, depois passamos para o reino vegetal, para depois o animal até chegarmos a seres humanos.

Você pode perguntar: Em que momento viramos espírito?

Alguns responderão que será depois de humanos, pois tem a imagem de que viramos espíritos ao desencarnar, como se essa encarnação fosse a primeira como ser humano. Neste momento pode ser falado que nós estamos constantemente indo e voltando do plano espiritual mas que a todos momento somos espíritos, sendo que em planos diferentes.

Outra questão que pode ser abordada é que não existe um momento que o princípio inteligente vira espírito, de uma hora para a outra. O espírito como somos hoje é resultado de toda a evolução.

Estas são apenas sugestões, deixem seus comentários dizendo como aplicaram em suas aulas esta idéia!

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: