Livre Arbítrio – Redação Rotativa

TEMA: Livre Arbítrio
OBJETIVO: Provocar uma reflexão, através da dinâmica, sobre a relação entre o Livre Arbítrio e a Lei de Causa e Efeito.
IDADE: 11 a 13 anos
MATERIAL: 30 folhas de papel, 30 lapis, borracha, apontador

O material prevê uma turma com 30 alunos. Altere conforme a necessidade.

DINÂMICA:

Vamos contar a estória de Pedrinho, o surfista CDF.

“Pedrinho já era conhecido na escola onde estudava, campeão de surf e excelente aluno. Ninguém entendia como ele conseguia conciliar as atividades. Sempre tirou notas boas, estudava e ao mesmo tempo amava ir à praia para surfar. Todo o final de semana ele treinava na praia de São Conrado para as competições.

Era uma sexta-feira, o tempo estava bom, a meteorologia previa dia de sol para sábado, perfeito para Pedrinho treinar surf para o campeonato que iria acontecer no domingo. Ele estava na aula de matemática quando o professor anunciou que daria um teste “surpresa” na segunda-feira. A turma ficou em pânico! Sem pensar, Julia, que tinha um pouco de dificuldade na matéria chamou Pedrinho para estudar na casa dela no sábado para que ele pudesse ajudá-la.

Pedrinho não sabia o que fazer, se ele fosse estudar, não poderia ir para a praia treinar para o campeonato, mas teria mais chances de passar na prova, porém ele já era bom naquela matéria e mesmo sem estudar conseguia tirar a nota mínima para passar. Mas existia um outro fator, a sua amiga estava precisando de ajuda na matéria, será que valia a pena deixar de treinar para ajudá-la. Ele iria correr o risco de perder o campeonato, mas teria mais chances de ir bem na prova e continuar sendo o melhor aluno da sala. O que será que eu faço, pensou Pedrinho.”

Neste momento o orientador pede para que os alunos completem a estória dizendo como foi o dia de sábado de pedrinho.

“Sábado Pedrinho acordou e…”

Quando todos completarem, pedir para que eles se unam em duplas. Um contará a sua estória para o outro. Depois de contado eles trocam de papel e um continua a estória do outro, contando como foi o dia de domingo, no campeonato.

“Domingo, Pedrinho acordou cedo, às 8:00h já estava na praia, pronto para o campeonato.”

Ele foi bem? Conseguiu ganhar? Ficou em segundo lugar? Os estudos atrapalharam? O treino ajudou? Como ficaram as estórias?

Depois de terminado os alunos destrocam os papéis e finalizam a sua própria estória, que foi completada pelo colega, contando o dia de segunda feira.

“Pedrinho estava cansado na segunda, mas não teve jeito, estava lá na prova, na hora que o professor marcou…”

Pedrinho foi bem na prova? Conseguiu passar? Tirou a nota mínima ou foi muito bem? As escolhas que ele fez no final de semana ajudaram ou atrapalharam a prova?

Quais foram as causas que levaram Pedrinho ir bem na prova?
E quais foram as causas que levaram ele se dar mal?
De quem era a responsabilidade sobre a prova?

Existe uma lei chamada de Causa e Efeito.

Essa lei diz que para cada ação e decisão que tomamos, haverá uma consequencia. As ações são as causas e as consequencias são os efeitos.

Quem pode me citar as causas e efeitos na estória do Pedrinho?

Através desta lei, Deus nos torna responsáveis por todos os atos livremente cometidos. Na prática, quer dizer que tudo o que fazemos retorna a nós mesmos, e retorna de maneira automática.

Alguns exemplos:

  • se não estudamos (causa), tiramos notas baixas (efeito)
  • se exageramos na comida (causa), temos uma indigestão (efeito)
  • se fazemos o bem (causa), recebemos o bem (efeito)
  • se descuidamos da saúde (causa), ficamos doentes (efeito)
  • se costumamos brigar com todo mundo (causa), terminamos sozinhos (efeito)

A lei de causa e efeito atravessa encarnações. Então posso estar sofrendo as consequências hoje de alguma coisa que fiz a alguns milhares de anos atrás. Mas não precisamos ficar preocupados com o que já fizemos, o mais importante é passarmos a fazer coisas boas agora, para o quanto antes colhermos consequências boas para nossas vidas.

Temos a liberdade de escolha, é o nosso livre arbítrio, mas temos a responsabilidade sobre nossos atos.

BIBLIOGRAFIA:
http://www.ger.org.br/causa_e_efeito.htm

8 respostas para Livre Arbítrio – Redação Rotativa

  1. disse:

    ENCARNAÇÃO????
    Fala sério. Realmente td q praticamos tem um efeito. Mas reencarnar, de ond tiraram isso. E a morte de Jesus na cruz é o que??? Se existe reencarnação a morte de Jesus é invalida, então seu nascimento não tem sentido, muito menos de uma virgem. Que não deve ser venerada. Pois só existe um Deus. A bíblia diz: Adorar a Deus sobre todas as coisas. Pare e pense em vez de seguir tradições e religiões. Jesus é Deus e veio nos salvar. E n existe meio termo. Escolha antes de morte céu ou inferno. Jesus ou idolatria (Maria e etc).
    Acorda!!!!!!!!!!!

    • Nizomar Porto disse:

      Acorda você, meu amigo. Primeiro que Jesus não é Deus. São entes distintos. Deus na sua essência suprema, jamais desceria á Terra para ser sacrificado pelo proprio homem por Ele criado. Não tem sentido. Jesus disse que Ele e Deus são um só, no sentido alegórico, no sentido de união fraterna, é como o esposo e a esposa, que são uma só carne, mas cada ser é distinto do outro. Quanto a reencanação, leia o que se diz a respeito de João Batista (Elias)…

    • Malu disse:

      A Encarnaçao e quando o ser vem para a Terra resgatar alguma chance de envoluir ,mais podem errar novamente , Jesus veio com a missao de colocar o amo na Terra mais nao foi compliendido na epoca ta ate ai td bem , mais a vinda de Jesus nao foi em vao pois agora nos temos platica desse amor na maioria das vezes , mais muitas pessoas ainda nao entenderem essa mensagem ´´Amar Deus sobre todas as coisas ´´
      Por isso que voltamos , para corrigir o erro.

      Entao, sinceramente nao fale que vc nao sabe , pois ainda nao deve ter envoluçao suficiente para entender a mensagem do amor que Jesus pois na terra

    • luiza disse:

      o animal vem num site espirita e nao quer encontrar nada sobre reencarnaçao. haoiuhaueuheiuoehouiae
      vai entrar num site gay e falar q esta errado, ou num site de crente e falar que nao raspar o suvaco e errado… use seu tempo melhor querido, ja que vc pensa que tem uma vida so…

  2. Reinaldo Luiz disse:

    Muito legal a dinâmica. A Lei de causa e efeito é a mais clara demonstração do amor de Deus a nós e da sabedoria de suas leis, pois ELE não nos julga , nós mesmos é que recebemos de volta o que fazemos, colhemos o que plantamos, “quem semeia vento, colhe tempestade”. Através das reencarnações temos a oportunidade de reparar nosso passado de erro!
    Parabéns aos trabalhadores da evangelização espírita!!

  3. Décio disse:

    Encarnação ?? não existe, não teria sentido a vinda de Jesus, o amor e a conversão foi tudo oque ele encinou, feliz sera aquele que crer.
    A Fé sem obras é morta !!! nunca é tarde, AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E O PROXIMO COMO A TI MESMO .

    Maria Mãe de JESUS, cabe o nosso respeito e Amor.
    sou católico paroquia santa rosa de lima perus sp.

  4. Mony Grazielle disse:

    Parabéns pela dinâmica!Muito prática,inteligente e
    de fácil identificação entre os jovens. Já havia visto uma similar.
    Vou usar com certeza!
    Sou educadora e evangelizadora,
    e cada dia q passa sinto-me muito mais feliz por
    poder contar com sites como este q visam nos
    ajudar a tornar melhores as nossas aulas de evangelização!
    Muita Luz pra tds vcs q fazem esta página!
    E abraços em todos os educadores q visitarem!

  5. Nizo disse:

    JÔ,
    Entendo que você não creia na reencarnação. É compreensível, até eu também não acreditava. A própria biblia já dizia que João Batista era Elias e que este já veio, conforme as palavras de Jesus; também, quero lhe esclarecer que Jesus não é Deus, são distintos um do outro, assim como nós somos irmãos filhos de um Pai, porém não somos esse Pai. É simples. Jesus sempre se reportou a Deus como Pai e não como clone Dele. É preciso saber distinguir bem as coisas, infelizmente colocadas em nossas mentes desde pequenos por nossos avós e pela religião que a tudo pensa dominar.
    Um grande abraço

%d blogueiros gostam disto: